0

Essay writing – Pritable Useful expressions

useful-expressions

 

DOWNLOAD IN PDF Essay Writing – useful-expressions

Advertisements
0

Cultural Clothing all over the World – Research Guide worksheet- Comparing and Contrasting


In this worksheet, students will choose countries to research about. After that, the research starts. This is a kind of worksheet that involves discussion and production at the same time. It will not be done in a day; you will probably spend some days getting this done.

DOWNLOAD – Cultural-clothing-guided-research

Find some steps to organize the plan:

1st – Raise a discussion about the theme.

2nd – Compare and contrast two countries that you have discussed on the board.

3rd – Assign the activities one at a time. Raise some discussions and presentations during the production.

 

OBJECTIVES:

Task 1 – Researching 

 

  • Choose 2 countries.
  • Research their cultural vestment.
  • Describe them with your own words.
  • Print out or draw some images.

 

Task 2 – Comparing and contrasting

Compare and contrast both cultures.

 

Task 3 – Write about the Dress culture in some regions in your country.

 

0

Delicious Comparative and Superlative – Grammar for fun

Teaching grammar can be actually fun, in fact students may find it more interesting putting grammar in context along things they enjoy.

You start this grammar teaching with this exercise, and then you can go deep in the content. You assess student’s prior knowledge first. After that, they will absolutely get more confident when you approach the hard part.

There is nothing written in the presentation because you will build the sentences with your students opinion.

Download the PPT here : comparative-superlative-chocolate POWER POINT P

0

Educação bilíngue para crianças de grupos dominantes e minoritários do Brasil 

  

Autora: Michele Canola Rojas

Há as chamadas comunidades plurilíngues que utilizam repertório de variedade linguística. Hermes e Blanc (apud Megale, 2005, p. 9) descrevem a educação bilíngue como “qualquer sistema de educação escolar no qual, em dado momento e período, simultânea ou consecutivamente, a instrução é planejada e ministrada em pelo menos duas línguas”. Podemos citar uma comunidade assim a escola inteira de crianças bilíngues mais a comunidade bilíngue que acompanha esta instituição. Uma comunidade que pode ou não ser fluente na língua inglesa. Segundo Megale (2005, p. 9) a educação bilíngue é dividida da seguinte maneira:

De forma generalista, divide-se a educação bilíngue em dois grandes domínios: educação bilíngue para crianças do grupo dominante e educação bilíngue para crianças de grupos minoritários. Quando se discute educação bilíngue para crianças de grupos minoritários deve-se ressaltar que essas crianças frequentemente vêm de comunidades socialmente desprovidas, como é o caso dos grupos indígenas no Brasil ou mesmo de grupos imigrantes, como os hispânicos nos Estados Unidos. 

Por educação bilíngue para crianças do grupo dominante, entende-se uma educação quase sempre de caráter elitista visando o aprendizado de um novo idioma, o conhecimento de outras culturas e a habilitação para completar os estudos no exterior.

As escolas bilíngues vêm crescendo a cada dia e têm se tornado realidade para algumas famílias, porém sabemos que vivemos num país capitalista. Segundo Rocha, Correa, Salgado (2010, p. 83) diz que a “Educação Bilíngue não é privilégio de todos nos dias atuais. As pessoas querem aprender inglês e elas têm um leque de opções para realizar este desejo. As escolas de Inglês surgem em grande escala e para cada perfil de aluno, sempre há uma escola para atender suas necessidades. Paes (2013, p. 24234), proporciona uma reflexão dessas escolas no contexto de uma sociedade capitalista:

No contexto da sociedade capitalista da atualidade, em especial na realidade brasileira, verifica-se um aumento de escolas bilíngues e do ensino de línguas, o que se deve, em parte, ao imaginário de que por meio da aprendizagem de idiomas, sobretudo Inglês, será possível alcançar melhores colocações no mercado de trabalho e encontrar oportunidades de ascensão na vida social.

Pais acreditam que desde cedo podem preparar este cidadão para o mercado de trabalho, e ainda mais, prepará-los para esta sociedade que vivemos hoje. Dessa forma verifica-se, logo na primeira infância a esperança que esta criança cresça e se desenvolva nesse ambiente social, cultural e linguístico.

Sabemos que é importante que o ambiente das escolas bilíngues e os alunos sejam estudados por profissionais que queiram entender mais sobre a realidade da comunicação e a interação entre as crianças e professores. Há comunicação em duas línguas (língua mãe e segunda língua) dentro deste ambiente escolar, há culturas diferentes e quando as crianças estão no processo de comunicação, são manifestados comportamentos enumerados na fala. 

Por isso, entendemos que existe um padrão social a ser estudado e de que maneira os alunos inclusos nesse padrão social se organizam e esta não privilegia a todos. 

Foi aberta escola pública bilíngue no Brasil e os linguistas dizem que ainda estamos atrasados no ensino de línguas. Poderíamos ter mais escolas bilíngues públicas? Escolas japonesas, polonesas, ucranianas, americanas, etc. Há uma variedade cultural de imigrantes tão grande, essa poderia ser usada em favor a nossa educação. 

0

Cooking for learning – Best Chocolate chip cookies 


That is my favorite recipe. We have to be careful when preparing it. We tend to add more ingredites since the dough is not hard. The butter has to be in room temperature. Do not add some more all-purpose flour, resist it! If you don’t have chocolate chips, chop up some semisweet chocolate bar, and voila! It is basically the same.

 Kids will definitely love preparing these delicious cookies with you. 

Chocolate chip cookies 

Ingredients2 1/4 cups all-purpose flour

1/2 teaspoon baking soda

1 cup (2 sticks) unsalted butter, room temperature

1/2 cup granulated sugar

1 cup packed light-brown sugar

1 teaspoon salt

2 teaspoons pure vanilla extract

2 large eggs

2 cups (about 12 ounces) semisweet and/or milk chocolate chips

Directions

Preheat oven to 350 degrees. In a small bowl, whisk together the flour and baking soda; set aside. In the bowl of an electric mixer fitted with the paddle attachment, combine the butter with both sugars; beat on medium speed until light and fluffy. Reduce speed to low; add the salt, vanilla, and eggs. Beat until well mixed, about 1 minute. Add flour mixture; mix until just combined. Stir in the chocolate chips.

Drop heaping tablespoon-size balls of dough about 2 inches apart on baking sheets lined with parchment paper.

Bake until cookies are golden around the edges, but still soft in the center, 8 to 10 minutes. Remove from oven, and let cool on baking sheet 1 to 2 minutes. Transfer to a wire rack, and let cool completely. Store cookies in an airtight container at room temperature up to 1 week.